O ex-juiz Sergio Moro assume a partir do ano que vem uma cadeira no Senado, em Brasília. O agora político eleito, recebeu quase dois milhões de votos e deve exercer o mandato até 2030. Na bancada de representantes do Paraná, Moro será recebido pelos senadores do Podemos, Flávio Arns e Oriovisto Guimarães.

As eleições para o senado no estado tiveram uma reviravolta em comparação com as pesquisas de intenção de votos divulgadas. O atual senador Alvaro Dias (Podemos) tentava a reeleição e aparecia como favorito, já Paulo Martins (PL) era apontado como o terceiro colocado. Após a apuração das urnas, Moro venceu com 33,50% dos votos, Paulo Martins teve 29,12% e Alvaro Dias somou 23,94%.

De acordo com o analista político, Emerson Cervi, apesar do resultado, não há indicativo de fraude nas pesquisas.