Sem jogar há três rodadas, devido a um trauma no pé, um dos principais jogadores do Coritiba, o volante e capitão Willian Farias, será submetido a uma cirurgia na próxima semana e corre risco de só voltar aos gramados no próximo ano. A decisão foi anunciada pelo clube nesta quinta-feira (22).

O experiente titular sofreu a lesão no primeiro tempo da partida com o Avaí, que teve vitória coxa-branca, por 1 a 0, dia 27, no Couto Pereira (três dias depois, ele teve o contrato renovado até dezembro de 2024). Desde então, Willian foi submetido a um tratamento conservador, na definição do clube, com sessões diárias de fisioterapia. Como não houve melhora, o Coritiba optou pela cirurgia.

Sem Willian Farias e também sem o zagueiro Chancellor, convocado para amistosos da seleção da Venezuela, o Coritiba vai enfrentar o Ceará na próxima quarta-feira (28), às 19h, no Couto Pereira, pela 28ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o técnico Guto Ferreira espera contar com o zagueiro Henrique, que ficou cerca de quarenta dias afastado por causa de problemas na coxa e na panturrilha, e com dois jogadores que também estiveram no departamento médico, mas que ainda não treinam coletivamente: o lateral-esquerdo Diego Porfírio e o atacante Léo Gamalho.

O jogo de quarta-feira será um confronto direto entre ameaçados de queda para a Série B: o time cearense está em 15º lugar, com 31 pontos, e o paranaense em 16º, com 28. A zona de rebaixamento, que vai do 17º ao 20º colocado, tem Avaí (28 pontos e uma vitória a menos do que o Coritiba), Cuiabá (27), Atlético Goianiense (22) e Juventude (19).