Ao todo 22 comunidades vão participar de uma ação para emitir o título de eleitor e também resolver pendências com a Justiça Eleitoral, entre sábado (23) e domingo (24). O trabalho inédito do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) abrange comunidades indígenas, quilombolas e caiçaras, em 23 municípios do Paraná, e acontece das 9h às 17h.

O presidente do TRE, desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, explica que a política da Justiça Eleitoral deve facilitar o acesso do eleitor aos serviços oferecidos pelo Tribunal. Coimbra de Moura cita o município de Guaraqueçaba, no qual as comunidades têm dificuldade de se locomover até Antonina.

O desembargador afirma que participará pessoalmente da ação em Guaraqueçaba e fala dos serviços disponíveis.

O presidente do TRE afirma que é função da Justiça Eleitoral proporcionar meios para que todos exerçam a sua cidadania.

O prazo para emissão e regularização é improrrogável, como ressalta o desembargador do TRE.

Quem tiver interesse em ser atendido pela Justiça Eleitoral, basta levar um documento com foto, comprovante de endereço, título eleitoral (se tiver) e quitação militar no caso de homens com mais de 19 anos.

Os serviços da Justiça Eleitoral também podem ser solicitados por meio da Internet. Para tirar o primeiro título de eleitor basta acessar o Título Net.