O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná finalizou nesta terça-feira as reuniões de combate à desinformações realizadas com servidores, juízes eleitorais e forças de segurança.

Diante da polarização das eleições e do aumento de fakenews neste período, os policiais militares, que devem fazer a segurança das seções durante o pleito tiraram dúvidas sobre as urnas e a transparência do processo, como afirma o Coronel Erno Breunig, diretor de pessoal da PM.

Segundo o presidente do TRE-PR, desembargador Wellington Coimbra, esta foi a primeira vez que o tribunal saiu da capital paranaense e percorreu diversas cidades do interior e do litoral, entre fevereiro e setembro. Por isso, ele destaca que houve uma proximidade com o eleitor, com as forças de segurança e com os representantes do serviço eleitoral.