Somente duas unidades de saúde de Curitiba têm doses remanescentes da vacina anticovid Spikevax monovalente da Moderna, indicada para imunização do público prioritário com aplicação semestral ou anual, de acordo com definição do Ministério da Saúde. As vacinas estão disponíveis nas unidades Monteiro Lobato (Tatuquara) e Tancredo Neves (CIC). A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) aguarda o recebimento de novas doses para distribuir a vacinação em mais Unidades de Saúde da capital paranaense.

A vacina anticovid Spikevax monovalente da Moderna é atualizada para proteger contra a subvariante da Ômicron XBB 1.5 e vem sendo aplicada como dose de reforço no público prioritário com cinco anos ou mais desde 13 de maio.

A nova vacina teve o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março e vai substituir gradualmente todas as vacinas contra a covid-19 que estavam sendo utilizadas até o momento.

Ao todo, Curitiba recebeu 30.270 doses da nova vacina. Mas, neste momento, há pouco mais de 80 doses em estoque – o restante já foi aplicado. A SMS aplicará, no público prioritário, até o fim dos estoques, as doses remanescentes que estão nos postos de saúde – as doses irão acabar gradativamente ao longo do dia ou dos próximos dias. A média diária de aplicações, normalmente, é de 1 mil doses.

O desabastecimento é nacional, uma vez que as vacinas são fornecidas pelo Ministério da Saúde. Os imunizantes são repassados aos estados e, então, distribuídos aos municípios. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a previsão é de recebimento de um novo lote do governo federal, no início da próxima semana.

Unidades que concentram doses remanescentes da Spikevax

Distrito Sanitário Tatuquara
US Monteiro Lobato
Rua Olivio José Rosetti, 538 -Tatuquara

Distrito Sanitário CIC
US Tancredo Neves
Rua Professora Hilda Hank Gonçalves, 435 – Cidade Industrial

Público prioritário para dose de reforço semestral da vacina anticovid

• Pessoas com 60 anos ou mais
• Gestantes e puérperas (mães que tiveram filho há até 45 dias)
• Imunocomprometidos com cinco anos ou mais

Público prioritário para dose de reforço anual da vacina anticovid

• Trabalhadores da saúde
• Pessoas em situação de rua
• Pessoas com comorbidades com cinco anos ou mais
• Pessoas com deficiência permanente com cinco anos ou mais
• Indígenas, ribeirinhos, quilombolas com cinco anos ou mais
• Moradores e funcionários de instituições de longa permanência
• Pessoas privadas de liberdade, jovens cumprindo medida socioeducativa e funcionários do sistema de privados de liberdade

A Secretaria informa ainda que as vacinas anticovid baby estão com estoques regularizados e continuam disponíveis em 106 unidades de saúde para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, conforme calendário nacional de vacinação. Confira os locais de aplicação no site Imuniza Já Curitiba.

*Com informações da prefeitura de Curitiba
Editado por Lucca Gomes com supervisão de Felipe Harmata