O governador reeleito do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), tomou posse de seu segundo mandato em cerimônia na Assembleia Legislativa, em Curitiba, na manhã deste domingo (1º). Acompanhado do vice, Darci Piana (PSD), e de familiares, ele foi recepcionado pelo presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSD), pelo primeiro secretário Luiz Claudio Romanelli (PSD) e pelo segundo secretário Gilson de Souza (PL).

Em seu discurso, o governador se emocionou ao relembrar a sua trajetória. Carlos Massa Ratinho Júnior tem 41 anos e foi reeleito em outubro de 2022 com mais de 69% dos votos ainda no primeiro turno. O governador teve a maior votação para o cargo na história do estado, com mais de 4,2 milhões de votos.

Ele é natural de Jandaia do Sul, no interior do Paraná, e é filho de Solange Martinez Massa e do empresário e apresentador de televisão Carlos Massa, o Ratinho. Desde 2003, é casado com Luciana Saito Massa, com quem tem três filhos. O governador agradeceu o apoio que teve durante a eleição.

O governador é formado em Marketing e Propaganda pela Faculdade Internacional de Curitiba (Facinter), em 2004, e tem pós-graduação em Direito de Estado pela Pontifícia Universidade Católica de Brasília. Além disso, possui curso de especialização em Administração Tributária e Reforma Fiscal e Sociedade, pela Universidade Complutense, em Madri (Espanha).

Em 2002, com 21 anos, Ratinho Júnior (PSD) foi eleito deputado estadual com mais de 189 mil votos. Em 2006, obteve a segunda maior votação para a Câmara dos Deputados, com 205 mil votos. Ele foi reeleito para o cargo em 2010, com quase 360 mil votos. Em 2012, tentou ser candidato a prefeito de Curitiba, mas não se elegeu.

Em 2013, ocupou a pasta de Desenvolvimento Urbano como secretário de Estado do Governo do Paraná, na gestão do ex-governador Beto Richa (PSDB). Nas eleições de 2014, foi eleito deputado estadual pela segunda vez, contabilizando mais de 300 mil votos. Em 2018, foi eleito governador com mais de 3,2 milhões de votos.

Durante o discurso, o governador destacou as realizações ao longo do primeiro mandato, como o início de obras aguardadas pela população. O chefe do Executivo afirmou que o desenvolvimento econômico do Paraná aconteceu de maneira sustentável, respeitando o meio ambiente, mesmo com o período de pandemia de Covid-19.

Por: Bruno de Oliveira