O Coritiba comunicou nesta terça-feira (22) o afastamento por tempo indeterminado do presidente do clube, Juarez Moraes e Silva, devido a problemas de saúde. O dirigente vai passar por uma série de exames médicos. Nesta ausência, o cargo fica com Glenn Stenger, primeiro vice-presidente.

Juarez assumiu a presidência do alviverde em julho do ano passado, após a morte de Renato Follador, que tinha 67 anos e foi vítima de complicações decorrentes da Covid-19. Follador foi eleito em dezembro de 2020.

O mandato da atual gestão termina em dezembro de 2023.