A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta quarta-feira (16) mais quatro casos de varíola dos macacos no Paraná. Todos foram registrados em Curitiba.

Ao todo, o Estado soma 267 diagnósticos positivos, 132 suspeitos e nenhuma morte. Foram descartados 883 casos suspeitos até o momento, segundo a secretaria.

Entre os casos confirmados, 252 são homens e 15 são mulheres. A maioria das confirmações é de pessoas na faixa etária de 20 a 39 anos.

A varíola dos macacos é uma doença viral e a transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas. A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo.

Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia (inchaço dos gânglios linfáticos), calafrios e fadiga.

Em caso de sintomas, a orientação é procurar uma Unidade de Saúde e fazer a coleta do exame para diagnosticar a doença e tratar o mais rápido possível.

Com informações da SESA