De acordo com estudos do Ipardes, o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, o pacote de investimentos em infraestrutura lançado nesta terça-feira pelo governo do Estado, deve gerar cerca de 40 mil empregos diretos e indiretos ao longo dos próximos dois anos na construção civil, indústria e comércio.

As obras devem alcançar um aporte de R$ 3,4 bilhões de reais em novas duplicações, pavimentações e melhorias de rodovias e vias urbanas, além da construção de pontes e viadutos, modernização de estradas rurais e novas estruturas portuárias para potencializar o setor.

Ainda segundo o Ipardes, as obras devem gerar impacto de 0,4 ponto percentual no crescimento do PIB em 2023.

São 16 obras rodoviárias do Departamento de Estradas de Rodagem, o DER/PR, e da Agência de Assuntos Metropolitanos, além de um pacote de revitalização de 195 pontes e obras de arte rodoviárias, incluindo trincheiras e viadutos, implementação do Moegão no Porto de Paranaguá e pavimentação de mais cerca de 75 quilômetros de estradas rurais, beneficiando de 20 a 30 municípios.

Também faz parte do pacote um aporte de R$ 100 milhões em projetos para dar início formal a novas obras em todas as regiões.

Segundo o governador Ratinho Junior, os recursos para as obras são do governo do estado.

O Litoral vai ser contemplado com três investimentos em infraestrutura: as duplicações das rodovias que ligam Matinhos à Praia de Leste e Garuva a Guaratuba.

A primeira obra de duplicação no Litoral será na PR-412, principal ligação entre Matinhos e Pontal do Sul. O projeto inicia na ponte sobre o Canal de Matinhos e segue até o entroncamento com a PR-407, na localidade de Praia de Leste, totalizando 14,5 quilômetros de extensão.

Todo o trecho vai ser restaurado, com implantação de um novo viaduto no trevo da Avenida Curitiba, readequação dos cruzamentos e implementação de vias marginais. Orçada em R$ 309 milhões, a obra deve resolver um dos principais gargalos do trânsito no Litoral do Paraná, especialmente no período de alta temporada do verão.

Outra obra no Litoral será a duplicação dos 12,8 quilômetros do trecho paranaense da rodovia entre Guaratuba e a cidade catarinense de Garuva.

A obra contempla melhorias no entroncamento com a PR-808, que dá acesso a Itapoá. Um viaduto será implantado no balneário de Coroados e a ponte sobre o Rio da Praia será reforçada ou reconstruída. O investimento será de mais de R$ 100 milhões.