O trecho da BR-277 onde uma cratera se abriu, no Orleans, em Curitiba, poderá ser liberado no fim da próxima semana, segundo a concessionária Via Araucária. O problema surgiu em abril e o local passava por obras de reconstrução desde então. Neste período, os motoristas que circulavam no sentido Curitiba seguem por um desvio operacional via marginal ao lado da pista.

SAIBA MAIS:



De acordo com o diretor de engenharia da Via Araucária, Pedro Veloso, o tempo seco favoreceu os trabalhos de reconstrução.

Quem passa pelo desvio já pode perceber que o buraco foi tapado. Segundo o engenheiro, os trabalhos estão concentrados na pavimentação. Em seguida, os profissionais realizam a reconstituição da drenagem superficial e o ajuste das sinalizações.

O buraco, que se tornou dor de cabeça para quem trafega pela BR-277 na região do Orleans, exigiu uma profunda escavação para identificação do problema, com a participação de técnicos da Prefeitura de Curitiba, dado que o local contava com uma interface com a macrodrenagem urbana. O engenheiro lembra que foi preciso reconstruir a drenagem no local.

Até o retorno ao trajeto normal, a concessionária lembra que os motoristas devem redobrar a atenção no trecho, pois existe possibilidade de congestionamentos em horários de pico.