O número de mortes em acidentes com motocicletas cresceu 50%, entre 2019 e 2021, segundo dados do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), solicitados pela CBN Curitiba.

Em 2019, um ano antes da pandemia da Covid-19, foram registrados 2.493 acidentes com vítimas, em Curitiba, com 20 mortes no local do acidente.

Já no ano passado, foram registrados 2.194 acidentes com vítimas, mas com 30 vítimas que morreram no local do acidente.

Para Celso Mariano, especialista em trânsito, a chegada dos aplicativos de entrega fez o número de motociclistas pelas ruas aumentar, mas, mais do que isso, muitos atuando de forma irregular.

 

Em 2022, do início do ano até o dia 14 de julho, dado mais recente do BPTran, já foram registrados 1.089 acidentes com vítimas, envolvendo motocicletas na cidade. Desse total, 14 pessoas morreram no local do acidente.

Celso Mariano afirma que é preciso mudar a cultura do país e criar maneiras de fiscalização mais rígidas para evitar que pessoas sem o conhecimento necessário, conduzam motocicletas e, até mesmo, dirijam outros veículos.