A Receita Federal apreendeu R$ 960 milhões em mercadorias ilegais no ano de 2022 no Paraná. As informações foram divulgados pela instituição responsável por fiscalizar a atividade aduaneira no Brasil. O número foi o maior registrado em apreensões em um estado no país.

A quantidade de apreensões no Paraná corresponde a 32% do valor total de itens contrabandeados no Brasil. A Receita Federal conta com o apoio de cães, drones, câmeras noturnas e agentes especializados para combater a ação de pessoas que tentam enviar ou trazer produtos sem fiscalização e quitação de impostos.

No Brasil, o valor total do comércio exterior, entre importações e exportações, chegou a R$ 3,4 trilhões no ano passado. O volume de importações foi de R$ 1,6 trilhões, enquanto que o de exportações foi de R$ 1,8 trilhões. No país, R$ 3 bilhões de mercadorias ilegais foram apreendidas.

No Paraná, R$ 153 bilhões em mercadorias saíram do exterior em direção ao estado, enquanto que R$ 166,9 bilhões foram enviados para outros países. O valor contrabandeado apreendido pela Receita Federal no Paraná corresponde a 0,6% de tudo que foi movimentado nas aduanas.