Sábado (10) na Arena da Baixada, 28.447 torcedores viram o Athletico derrotar o Ceará, por 2 a 0, no primeiro jogo da final da Série A-2, a segunda divisão do Campeonato Brasileiro de futebol feminino. Este é o terceiro maior público da modalidade no Brasil, abaixo somente de dois confrontos entre Corinthians e São Paulo na Neo Química Arena, em São Paulo: 30.077, em 2021; 28.862, em 2019.

Outro ótimo resultado foi o de uma ação social. Não houve cobrança de ingresso, mas o torcedor precisava levar um quilo de alimento não-perecível, o que rendeu 30 mil toneladas de alimentos, que serão destinadas à entidades assistenciais.

Na primeira partida desta decisão, as atacantes Milena, de pênalti, e Sol foram as artilheiras. O segundo jogo entre Athletico e Ceará será no próximo sábado (17), às 15h, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O rubro-negro será campeão mesmo que perca um gol de diferença no tempo normal. Se o time paranaense for derrotado por dois gols, a disputa vai para os pênaltis.

Athletico, Ceará, Bahia e Real Ariquemes (este de Rondônia) se classificaram para a Série A-1, a primeira divisão.