Um aplicativo de entrega de comidas foi utilizado como meio de pedido de socorro por uma mulher vítima de violência. O fato foi registrado na noite de segunda-feira (08) em Curitiba, segundo a Polícia Militar. A mulher fez o pedido de um hambúrguer, mas com uma observação de que gostaria que a polícia fosse acionada, que teria sofrido estupro e que ela e a filha estariam em perigo.


SAIBA MAIS:


O atendente do restaurante chamou a polícia, que foi até o endereço repassado e fez o flagrante. O homem, suspeito de ter cometido as agressões, foi preso e encaminhado à Delegacia da Mulher.