A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o inquérito policial do acidente envolvendo um ônibus que tombou na BR-277, no município de Fernandes Pinheiro, nos Campos Gerais. A situação provou a morte de sete pessoas e deixou outras 22 feridas no dia 31 de janeiro. O motorista do veículo foi indiciado pela polícia por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

Durante as investigações, a PCPR descobriu que não havia falha mecânica no ônibus e que o motorista teria dormido ao volante, o que provocou a saída de pista e o tombamento do coletivo. O delegado Wesley Vinicius, responsável pelo caso, conta que o motorista vinha apresentando comportamento inadequado na direção do veículo há, aproximadamente, seis meses.
Agora o Ministério Público deve oferecer a denúncia e o caso será julgado pela Justiça.