Os torcedores curitibanos estavam na expectativa pela vitória do Brasil contra Camarões nesta sexta-feira (02). Pelos bares da região do Largo da Ordem, no Centro Histórico da capital, a movimentação foi grande. A chuva deu uma trégua, o sol saiu, a temperatura subiu. Um convite para aproveitar o tempo com a família e amigos. Muitas pessoas mobilizadas, vestidas com as cores da bandeira, equipadas com acessórios, buzinas e até as vuvuzelas, resgatadas de outras Copas.

O terceiro jogo do time brasileiro na Copa 2022 começou animado. O que mais se ouvia pelas mesas, além dos gritos de incentivo, eram as frases otimistas. Placares inimagináveis, para um jogo que prometia uma vitória tranquila do Brasil.

Tamires Amorim estava acompanhada dos filhos e da irmã. Caprichou no visual. Na maquiagem, o verde e amarelo eram regra. E o placar? Cinco gols do Brasil.

Se: filho de peixe, peixinho é, e sonhar não custa nada, escuta só os palpites do Gabriel e do Henrique, filhos da Tamires.

Já a irmã, Liliam, estava com os pés mais no chão.

O Jairo Tonato resolveu inovar na torcida. Estava vestido com a camisa do Camarões para dar mais sorte ainda ao Brasil.

O primeiro tempo acabou empatado. Zero a zero no placar. Mas, a torcida não desanimou. Toda vez que a bola chegava mais perto do gol os gritos começavam!

Felipe Eduardo estava otimista para o segundo tempo.

Paulo Emídio, junto com os amigos e familiares, cravou quais jogadores iam fazer os gols para a vitória.

Mesmo com tanta vibração, não era o dia do time do Brasil, que jogou com os reservas. Bem no fim do jogo, Camarões marcou um gol. Mas, na próxima segunda todo mundo vai voltar a vestir verde e amarelo.