Segundo as informações apresentadas no último informe divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), no fim da tarde desta quarta-feira (22), sobre a infestação do mosquito Aedes Aegipty, vetor da Dengue, Zica e Chikungunya, 181 municípios do Paraná estão em situação de alerta e 51 cidades apresentam risco de epidemia. A coordenadora da Vigilância Ambiental na Secretaria de Estado da Saúde, Ivana Lúcia Belmonte, explica em qual região estão concentradas essas cidades.

Grande parte dos depósitos de água parada são lixeiras, entulhos de construção, fontes ornamentais, plásticos e garrafas não descartados corretamente.

De acordo com o boletim epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti, a dengue avançou e 472 novos casos foram notificados pela Sesa. Já a chikungunya, apresentou mais quatro casos em relação a semana anterior. Nenhum novo caso de zica foi constatado. O número de mortes por estas doenças permanece estável.