Na última sexta-feira (09) uma fumaça começou a ser percebida em cidades do interior do estado, principalmente na região Oeste. Em Curitiba e região metropolitana o fenômeno foi registrado no sábado (10). A fumaça foi identificada também em outros estados, como São Paulo e Santa Catarina.

De acordo com registros do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a fumaça veio da região da Amazônia que fica a mais de três mil quilômetros dos registros feitos nas regiões Sul e Sudeste do Brasil.

O meteorologista do Simepar, Reinaldo Kneib, explica que a altura média do material suspenso na atmosfera é três a 20 km altura e os efeitos causados pela fumaça podem ser identificados mais facilmente no nascer e no pôr do sol.

Reinaldo lembra que o vento foi o responsável por trazer a fumaça para o Paraná.

Mas, com a chegada da chuva a fumaça que cobriu Curitiba e outras cidades já dissipou.