A Arena da Baixada recebeu neste domingo (25) o Fight Music Show 2, um evento que teve lutas de MMA e de boxe e que contou também com apresentações do cantor Wesley Safadão e do humorista Tirullipa. Nos combates mais esperadas da noite, ambas de boxe, vitórias de Acelino Freitas, o “Popó”, e da curitibana Cris Cyborg.

Popó nocauteou José “Pelé” Landy logo no primeiro round, com apenas 1 minuto e 25 segundos de luta. Depois desta vitória, o baiano quatro vezes campeão mundial de boxe desabafou se referindo a discussão que teve com Landy durante a encarada que promoveu o evento, sexta-feira (23) na Arena: “Tenho quatro títulos mundiais, fiz dez defesas de cinturão e já passei por muitas provocações. Mas quando mexem com o ego nosso, da minha família, da minha mãe, aí mexeu com meu coração. Esse nocaute foi pela honra da minha família e um presente pelos meus 47 anos, que completei nesta semana”, afirmou Popó, que derrotou um cubano naturalizado brasileiro que é um dos precursores do MMA em Curitiba. Ouça a entrevista de “Pelé Landy” para a CBN: “Curitiba é a capital da porrada”.

Já a vitória de Cris Cyborg sobre a paulista Simone Silva, a “Mulher Gato”, foi por decisão unânime dos jurados. Várias vezes campeã no MMA, Cris estreou como boxeadora. Entrevistada pela CBN na terça-feira passada (25), a curitibana contou um pouco de sua trajetória.

Outro combate que chamou a atenção envolveu dois cantores e influenciadores digitais. Neste, Dynho Alves nocauteou Christian Figueiredo no 3º round.

FIGHT MUSIC SHOW 2

(em negrito os vencedores das lutas)

BOXE
Acelino Freitas Popó x José Pelé Landy: nocaute no 1º round
Cris Cyborg x Simone Silva: decisão dos jurados
Dynho Alves x Christian Figueiredo: nocaute no 3º round
Felipe Sertanejo x Miltinho Vieira: decisão dos jurados
Chico Salgado x Sergio Bertoluci: nocaute no 4º round

MMA
Diego Dias x John Allan: decisão dos jurados
Luan Miau x William Patolino: nocaute (1º round)
Willian Malvadeza x Jackson Tortoro: decisão dos jurados
Edivan Pé de Sapo x Alisson Vicente: nocaute (2º round)
Thor Silva x Gabriel Bonfim: nocaute (1º round)