As exportações do Paraná cresceram 9% no acumuado de janeiro e fevereiro em comparação com o mesmo período de 2022, de acordo com levantamento do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), publicado nesta quarta-feira (8). No primeiro bimestre deste ano o estado vendeu mais de três bilhões de dólares para o exterior.

Nestes dois meses, dos cinco produtos mais exportados pelo Paraná, quatro tiveram aumento nas vendas. A carne de frango, com aumento de 21%, o farelo de soja, com crescimento de 50% e cereais e óleo de soja bruto, cada um que tiveram mais que o triplo de vendas em comparação com 2022.

Entre os produtos industrializados, quatro tiveram aumentos expressivos nas exportações. Foram os automóveis, as máquinas e aparelhos de terraplanagem e perfuração, veículos de carga e autopeças.

O Paraná exportou para 190 países em janeiro e fevereiro. A lista dos maiores compradores do Estado no bimestre é liderada, nesta ordem, pela China, Estados Unidos, Argentina, Japão, México, Chile, Holanda, Colômbia, Índia e Paraguai.

A China segue isolada como maior importador do Paraná, com mais de trezentos e onze milhões dólares em compras. Na segunda posição está os Estados Unidos e atrás dele a Argentina.