Os 2,1 mil colégios da rede estadual do Paraná recebem nesta segunda-feira (6) os estudantes para o novo ano letivo de 2023. São aproximadamente um milhão de crianças e adolescentes que esperam ansiosos para conhecerem os novos professores, rever os colegas e aprender os novos conteúdos.

O calendário já está definido de acordo com o secretário de estado da educação, Roni Miranda.

No caso das escolas particulares, a sugestão do Sinepe/PR é de que as aulas também tenham início nesta segunda-feira (06), com recesso proposto em julho, de 10 a 23, e retorno no dia 24 do mesmo mês. O término do período letivo está previsto para 15 de dezembro.

O sindicato informa que as escolas particulares possuem autonomia para modificar o calendário, contudo, deve existir uma justificativa para essa alteração e os órgãos competentes devem ser informados.

A expectativa é de aumento no número de estudantes na rede particular neste ano, segundo o vice-presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe-PR), Haroldo Andriguetto Junior.

Haroldo fala ainda da expectativa para o ano letivo e os desafios de acolhimento aos estudantes.

Nos colégios estaduais o reforço do uso de recursos tecnológicos está entre os destaques. Há mudanças também na grade curricular, como lembra o secretário Roni Miranda.

Já o retorno das crianças e estudantes da rede municipal de Curitiba está previsto para 14 de fevereiro.