O Governo do Estado publicou nesta terça-feira (29) o decreto que declara situação de emergência na região Leste do Paraná, que compreende municípios da Região Metropolitana de Curitiba e do Litoral. O decreto atende à recomendação da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, em razão das chuvas intensas que atingem a região desde o dia 25 de novembro.

A publicação do decreto foi anunciada pelo governador Ratinho Junior, que também determinou a criação de um gabinete de crise para concentrar as informações e o atendimento às vítimas do deslizamento de terra na BR-376, em Guaratuba. O documento autoriza a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem nas ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução das áreas atingidas.

A homologação da situação de emergência permite o apoio do Estado aos municípios atingidos, e caso tenha o reconhecimento federal, as cidades também recebem apoio da União. Além do envio de equipes e materiais, o decreto também possibilita o envio de recursos para esses locais, o que dá mais celeridade à recuperação das áreas atingidas para que a situação volte à normalidade.

Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Defesa Civil e da concessionária Arteris Litoral Sul estão mobilizadas desde a noite de segunda-feira (25) para prestar atendimentos no local. As más condições do tempo, porém, dificultam as buscas e a avaliação dos danos. A estimativa é que seis carretas e de 10 a 15 veículos tenham sido soterrados pela lama.

Além da BR-376, as principais rodovias de acesso ao Litoral também estão bloqueadas por causa da queda de barreiras. Há interdições totais na BR-376 e na Estrada da Graciosa e interdição parcial na BR-277.

As estações meteorológicas do Estado identificaram chuvas acima da média histórica para o mês de novembro em cidades do Litoral e Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), as cidades mais atingidas foram Guaratuba, Antonina, Curitiba, Paranaguá, Guaraqueçaba e Tijucas do Sul.

Com informações da assessoria