Na coluna Economia e Finanças de hoje (14), o professor e economista José Pio Martins fala sobre congelamento de preços.

Como exemplo, ela cita a inflação na Argentina, que deve passar de 100% em 2022. Como consequência, o país vizinho decretou o congelamento dos preços de 1.500 produtos por 120 dias. Mas será que está é uma medida efetiva?