Neste sábado (5) em Porto Alegre, o Athletico perdeu para o Internacional, por 2 a 0, e completou sete jogos consecutivos sem vitória como visitante na Série A do Campeonato Brasileiro (a mais recente foi contra o Atlético Mineiro, por 3 a 2, no dia 7 de agosto, em Belo Horizonte). Na batalha por uma vaga para a Copa Libertadores da América, o rubro-negro saiu de campo em sexto lugar, com 54 pontos, e com risco de ser ultrapassado pelo Atlético Mineiro, que tem 52, na próxima segunda-feira (7). O time de Belo Horizonte vai receber o Botafogo, às 20h.

Times já classificados para a Libertadores (e o respectivo adversário na 36ª rodada)
1º Palmeiras (campeão brasileiro), 77 pontos – Cuiabá (fora, domingo, 18h30)
2º Internacional, 67 – 2 x 0 Athletico (casa)
3º Fluminense, 64 – 3 x 1 São Paulo (casa)
4º Corinthians, 64 – 1 x 0 Ceará (casa)
5º Flamengo, 61 – Coritiba (fora, domingo, 16h)

Disputam as três vagas restantes (o 6º colocado entra direto na fase de grupos da Libertadores)
6º Athletico, 54 pontos – 0 x 2 Internacional (fora)
7º América mineiro, 52 – 4 x 1 Bragantino (fora)
8º Atlético Mineiro, 52 – Botafogo (casa)
9º São Paulo, 51 – 1 x 3 Fluminense (fora)
10º Fortaleza, 48 – Atlético Goianiense (casa, domingo, 16h)
11º Botafogo, 47 – Atlético Mineiro (fora, segunda-feira, 20h)

Jogos que restam ao Athletico na Série A
Quarta, 9… Atlético Goianiense, 20h30, em Goiânia
Domingo, 13… Botafogo, 16h, na Arena da Baixada

Internacional 2 x 0 Athletico

Na primeira etapa, de poucas investidas nas duas áreas, Jhonny assustou a defesa paranaense com um cabeceio e um chute de fora da área, ambos para fora, entre os 20 e os 27 minutos, e o Athletico só criou situação aos 42, quando Alex Santana tentou de cabeça e a bola passou por cima do travessão.

O visitante começou melhor o segundo tempo, com finalizações de Terans, Vitinho e Fernandinho, que saíram pela linha de fundo. A de Fernandinho, por cobertura, foi a que mais se aproximou da meta.

Na altura dos 15 minutos, no entanto, o Internacional pressionou à base de escanteios: no primeiro lance, Carlos De Pena cobrou e Alemão cabeceou para fora; no segundo lance, aos 17, De Pena ergueu novamente, a bola bateu no peito do atleticano Erick e sobrou para Pedro Henrique chutar perto da segunda trave: 1 a 0.

O segundo gol, aos 21, teve passes de Alemão e Alan Patrick, sem intervenção da defesa paranaense, antes do chute de Maurício, que da meia-lua acertou o canto direito do goleiro Bento.

O Inter teve ocasiões para ampliar: Alan Patrick chutou forte e Bento espalmou no alto; Wanderson finalizou cruzado, a bola bateu na trave e Bento defendeu após nova tentativa de Alan Patrick

O Athletico terminou a partida com um jogador a menos: na tentativa de afastar a bola, Thiago Heleno ergueu o pé na altura do peito de Taison e foi expulso aos 45 minutos. E, no último grande lance de noite, Pedro Henrique (o do time paranaense) arriscou de longe e a bola bateu no travessão.

CAMPEONATO BRASILEIRO – Série A
36ª rodada
Sábado, 5/11 – 21h – Beira-Rio, em Porto Alegre
INTERNACIONAL 2 x 0 ATHLETICO
Gols, ambos no 2º tempo: Pedro Henrique aos 17 minutos e Maurício aos 21
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Evandro de Mello Lima (SP)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Expulsão: Thiago Heleno (Athletico) aos 45 minutos do 2º tempo
Internacional: Keiller; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Jhonny (Lucas Ramos), Carlos De Pena, Alan Patrick (Taison) e Maurício (Rodrigo Moledo); Pedro Henrique (Wanderson) e Alemão (Braian Romero); técnico: Mano Menezes.
Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Pedrinho; Fernandinho, Hugo Moura (Erick), Alex Santana (Christian) e Terans (Rômulo); Vitor Roque (Pablo) e Vitinho (Cuello); técnico: Luiz Felipe Scolari.