No mês do Halloween, Curitiba recebe um festival internacional de cinema de horror. São mais de 30 filmes de 16 países. O evento é gratuito, tem sessões em vários pontos da capital paranaense e tem atrações até o mês de novembro.

O nome do festival se apropria de uma expressão tipicamente curitibana: “Djanho”. O nome completo para o festival ficou pomposo: “Mostra internacional e interbairros de cinema fantástico de Curitiba, piá!”.

Segundo o cineasta criador da mostra Paulo Biscaia Filho, antes o festival tinha outro nome.

O termo tem origem em Portugal que descende de Janus, uma entidade de duas faces da mitologia romana. Em Curitiba, a expressão foi adaptada para “piá do djanho”. Piá é o jeito que o curitibano chama um menino, um garoto.

Neste ano, o festival conta com projeções ao ar livre em bairros de Curitiba, exibições em sala de cinema e é uma oportunidade para entender o que é o cinema de horror: um gênero fantástico, uma porta para a imaginação e a criatividade.

A seleção é formada por 17 filmes brasileiros e 15 estrangeiros. A programação completa está no site www.djanho.com