A Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informou que o avanço na vacinação infantil contra a Covid-19 está difícil diante da falta de imunizantes da Pfizer. A farmacêutica produz uma vacina destinada para crianças de seis meses até dois anos de idade.

Na semana passada, o Ministério da Saúde anunciou ter recebido 754 mil doses da CoronaVac para imunizar crianças de 3 a 11 anos de idade. A superintendente de gestão da Secretaria Municipal da Saúde da prefeitura, Flávia Quadros, disse que o problema maior tem sido para a imunização dos bebês.

Ela alerta que os pais de recém-nascidos precisam aguardar a chegada de novas doses da vacina da Pfizer para realizar a imunização e disse que o Ministério da Saúde informou que as novas doses devem chegar no primeiro trimestre deste ano.

No caso das crianças que já foram convocadas para a vacinação, a orientação é que os pais procurem um posto de saúde para realizar a imunização. A prefeitura disponibiliza um aplicativo de celular, o Saúde Já, em que informa quando e onde as crianças devem ser imunizadas.

Por: Bruno de Oliveira