O Hotel Social Eilat, unidade da Fundação de Ação Social (FAS) para acolhimento de mulheres trans e travestis em situação de rua, teve a capacidade ampliada. O espaço conta com mais cinco vagas e agora pode acolher até 25 pessoas. A medida foi adotada para oferecer proteção social à essa população, principalmente no período de inverno, quando são registradas baixas temperaturas e chuvas intensas na cidade.

Instalado no Centro da capital, o Hotel Social Eilat funciona desde janeiro de 2023 e é considerado uma referência nacional de acolhimento de mulheres trans e travestis adultas em situação de rua. Funciona em um imóvel que já abrigou um hotel para turistas, o que permite que as acolhidas tenham quartos com banheiros. As atendidas também recebem alimentação (café da manhã, almoço e jantar), controlada por nutricionista.

A unidade oferece vagas de acolhimento 24 horas, o que permite a flexibilidade nos horários de trabalho e a possibilidade de saída das ruas.

 

*Com informações da prefeitura de Curitiba