Em entrevista exclusiva à CBN Curitiba na manhã desta terça-feira (11), o diretor de Operações da Portos do Paraná detalhou e atualizou o caso do vazamento de produto químico, que paralisou atividades por 24 horas, obrigou a remoção de funcionários e também de moradores e trabalhadores do entorno do Porto de Paranguá. O diretor Gabriel Vieira explicou à jornalista Andressa Tavares que após a eliminação do risco de explosão e trabalho de limpeza avançado, o Corpo de Bombeiros liberou na noite desta segunda-feira (10) a retomada das atividades no Porto, com pequenas restrições, e o retorno das famílias para suas casas. Os danos ambientais estão sendo avaliados pelo Instituto Água e Terra (IAT) e Ibama, segundo ele. O diretor contou ainda que uma comissão foi aberta para responsabilização.

https://cbncuritiba.com.br/materias/porto-de-paranagua-suspende-operacoes-apos-vazamento-de-combustivel/