Como pais e professores podem identificar uma criança com altas habilidades ou superdotação. Esse é o tem do livro “O Mundo Encantado de Liz”.

Dados oficiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que cerca de 5% da população mundial tem altas habilidades ou são superdotadas.

No Brasil, a proporção corresponde a cerca de 2 milhões de crianças. No levantamento do Censo Escolar de 2020 pouco mais de 24 mil estudantes, cerca de 1% do total, foram identificados como pessoas com altas habilidades ou com superdotação.

Sobre esse assunto, a CBN Curitiba conversou com a especialista em Sociologia Política e em Psicopedagogia Clínica e Institucional e co-autora do livro, Alethea Silveira. Ela conversou com Felipe Harmata.