O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, cumpriu agenda em Curitiba neste sábado (07). Considerado representante de uma terceira via nas eleições de 2022, ele fez duras críticas aos adversários políticos.


Apesar do pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, ser o mais bem colocado nas intenções de voto da chamada terceira via, no próprio estado onde foi governador, no Ceará, ele aparece atrás do ex-presidente Lula em levantamento divulgado neste sábado (07) pelo Instituto Paraná Pesquisas. Ciro fez uma analogia ao cinema ao comentar esse resultado.

O pedetista criticou a aliança entre PT e PSDB na disputa presidencial. E chegou a fazer uma comparação curiosa desse cruzamento ideológico.

Também sobraram farpas para o presidente Jair Bolsonaro, acusado por ele de tentativa de golpe. O ex-governador do Ceará classificou a participação do exército nas eleições de 2022 como preocupante e falou até em prisão para quem está contra a democracia brasileira.

A agenda de Ciro Gomes no Paraná teve como foco reforçar as bases do PDT no estado, que pretende dobrar o número de candidatos eleitos pela sigla.

Ouça a matéria completa: