Um livro chamado “Os mandarins da Economia” analisa a atuação de dirigentes do Banco Central do Brasil. O livro tem autores curitibanos. O objetivo é entender como agem quem comanda o Banco Central, seja em suas instituições, seja no sistema político e social mais amplo, uma vez que eles se encontram inseridos em diferentes momentos sociais e históricos do país.

Sobre esse assunto, Felipe Harmata conversou com o cientista político, doutor em ciência política, Eric Gil Dantas, que é um dos autores de alguns capítulos do livro.