O legislativo terá três novas comissões permanentes. O projeto apresentado pela mesa executiva da casa, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça.

A Assembleia Legislativa do Paraná vai passar de 26 para 29 comissões permanentes. Os três novos grupos de trabalho foram propostos pela Comissão Executiva da casa. Com isso, foram criadas a Comissão de Igualdade Racial, a Comissão de Minas, Energia e Água e a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. Antes da mudança no regimento ser aprovada pela Comissão de Constitução e Justiça, os assuntos relacionados à terceira idade eram tratados dentro do mesmo grupo que cuida de temas ligados à infância e juventude. Com a mudança, o presidente da Comissão da Criança, do Adolescente e da Pessoa com Deficiência, deputado Evandro Araujo, acredita que será possível dar mais atenção a essa parcela da sociedade.

A proposta aprovada na CCJ também autoriza a instalação de mais dois blocos parlamentares temáticos, antes limitados a cinco. Dessa forma, a Assembleia Legislativa do Paraná passa a contar com sete blocos.