Motoristas que circulam pela BR-376 encontram trânsito intenso na região do km 668, onde a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, realiza obras de reparos na área atingida por um deslizamento de terra no dia 28 de novembro. Na ocasião, duas pessoas morreram e seis ficaram feridas.

No local, os condutores enfrentam filas de três quilômetros no sentido Santa Catarina e quatro quilômetros de engarrafamento no sentido Curitiba. Por enquanto, apenas uma faixa em ambos os sentidos está liberada para tráfego. Neste domingo (11), o congestionamento sentido Curitiba chegou a 15 quilômetros, mesmo com duas faixas liberadas.

Durante a noite deste domingo, uma das pistas sentido Santa Catarina precisou ser fechada de maneira preventiva pela concessionária. No momento, chove em pontos alternados. Os motoristas que passam pela rodovia precisam redobrar a atenção.

Por: Bruno de Oliveira