Pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o Athletico empatou com o Corinthians, por 1 a 1, nesta quarta-feira (15), na Arena da Baixada, em um jogo com gols de bola parada: Roger Guedes fez o gol paulista, de falta, aos cinco minutos da primeira etapa; Terans igualou de pênalti, aos 36 da segunda, após Vitor Roque ser derrubado por Raul Gustavo.

Invicta há oito partidas (incluindo também a Copa Libertadores da América e a Copa do Brasil), a equipe do técnico fechou a noite em quarto lugar, com 18 pontos (volta para a quinta posição nesta quinta se o São Paulo pontuar diante do Botafogo no confronto marcado para às 16h, no Rio de Janeiro). O Corinthians permaneceu em segundo lugar, agora com 22 pontos, perdendo para o Palmeiras no saldo de gols, por 14 a 6 (o Palmeiras recebe o Atlético Goianiense nesta quinta, às 18h, em São Paulo).

Em desvantagem na maior parte do tempo do jogo desta quarta, o Athletico teve poucas finalizações certeiras. Uma exceção aconteceu aos 17 minutos, depois do intervalo, quando a bola bateu duas vezes na trave direita do goleiro Cássio: primeiro, um cabeceio de Vitor Roque; depois, um chute de Vitinho. Os dois times saíram de campo com dez jogadores porque aos 25 da etapa final foram expulsos o atleticano Hugo Moura e o corintiano Roni, que ameaçaram trocar cabeçadas.

No próximo domingo (19), o Athletico fará com o Coritiba um Atletiba de torcida única, às 16h, no Couto Pereira. Apenas os coxas-brancas terão acesso ao estádio. Felipão não poderá escalar o volante Hugo Moura e também o lateral-esquerdo Abner, este suspenso pelo terceiro cartão amarelo.