Por Andressa Tavares

Os atendimentos a pacientes com síndromes respiratórias nas unidades de saúde de Curitiba aumentaram cerca de 10% nos últimos 20 dias, informou a secretária de Saúde da capital em entrevista ao vivo à CBN na manhã desta segunda-feira (5).

Beatriz Battistella Nadas falou sobre as recomendações à população e os impactos a médio prazo das aglomerações em razão dos jogos da Copa do Mundo e de fim de ano.

“A procura por vacina poderia ser maior agora”, avaliou a secretária. Entre cinco e seis mil doses do imunizante contra a Covid-19 estão sendo aplicadas por dia na cidade – número que já chegou a quase 20 mil em outros momentos não tão distantes.

Beatriz Battistella alertou para o esquema vacinal incompleto na faixa entre 18 e 39 anos – cerca de 30% deste público está com doses faltantes.

A quarta dose do imunizante já alcança nesta semana pessoas com 29 anos na capital – você confere o cronograma aqui: Covid-19: confira o novo cronograma de vacinação da 4ª dose – CBN Curitiba – A Rádio Que Toca Notícia

A secretaria de Saúde de Curitiba falou também sobre a vacinação dos bebês, que segue paralisada em razão da falta de doses.

Confira a entrevista na íntegra em áudio de Beatriz Battistella à jornalista Andressa Tavares: