Na noite desta quinta-feira (13), uma arquibancada montada para um show promovido pela Prefeitura Municipal de Quitandinha cedeu e 13 pessoas ficaram feridas. A situação aconteceu durante a celebração de aniversário da cidade. Em nota, o Executivo afirmou que “lamenta profundamente o acidente ocorrido durante o “Show de Rodeio”, parte dos eventos de celebração do aniversário do município”, que “acarretou na queda da estrutura montada como arquibancada”.

O Samu do município realizou o atendimento aos feridos, que foram direcionados para o Hospital Cristo Rei, que fica na região. Dos 13 atendimentos realizados, cinco necessitaram de transferências para o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, e ao Hospital da Lapa. De acordo com a prefeitura, “todos estão estáveis” e uma pessoa teria ferimentos mais graves, mas sem risco de morte.

A estrutura do show foi montada por uma empresa contratada pela prefeitura, que, conforme o Portal da Transparência, recebeu R$78 mil para realizar o evento. Conforme apuração da CBN Curitiba, a Viola Produções e Eventos costuma prestar serviço para o município com frequência. A informação foi contestada pela Prefeitura de Quitandinha ainda nesta sexta-feira (14). Segundo o executivo, essa é a primeira vez que a empresa presta serviços ao município.

Confira o posicionamento atualizado da Prefeitura:

Em uma primeira nota, divulgada após o ocorrido, a Prefeitura sinalizou que a realização do show, “incluindo produção, montagem da estrutura, segurança e controle de acesso, nos termos do Contrato de Fornecimento, é de responsabilidade da empresa, que já foi contatada para os devidos esclarecimentos”.

Também por meio de nota, a Viola Produções e Eventos informou que “os técnicos estão avaliando o material para verificar as causas do acidente”, e que aguarda o resultado da perícia. A empresa também frisou que “evento está com toda a documentação em ordem e liberações para que pudesse ser realizado”.

O delegado Matheus Gomes, responsável pelo caso, afirma que já estão sendo realizadas as oitivas de testemunhas para apurar o que pode ter causado o acidente.

Matéria atualizada às 18h39