Por Andressa Tavares

Os aplicativos aparentemente inofensivos, que transformam fotos das pessoas em avatares coloridos, podem ser maliciosos e esconder tentativas de fraude. Se o app solicita acesso ao celular do usuário, a orientação é não baixar.  Acompanhe a entrevista à CBN Curitiba do especialista em cibersegurança, CEO da RedBelt Security, Eduardo Bernuy Lopes.