Tumultos causados por torcedores no Campeonato Paranaense de 2022 fizeram Athletico e Coritiba serem punidos em uma primeira análise do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) no ano passado. A pena: jogos com portões fechados. No entanto, em um novo julgamento, que aconteceu nesta quarta-feira (11), o TJD mudou parcialmente a punição. Os dois clubes podem abrir os estádios, mas somente para menores de doze anos e mulheres.

A medida vale para três jogos na capital: Coritiba x Aruko, no próximo domingo (15), às 16h, no estádio Couto Pereira; Athletico x Maringá, no dia 21, às 16h, na Arena da Baixada; Athletico x Foz do Iguaçu, dia 25, às 19h15, também na Arena. Nestas partidas, o ingresso é um quilo de alimento não-perecvível.

As situações que motivaram as penas aconteceram em duas partidas da primeira fase do estadual passado: Coritiba x Athletico, no Couto Pereira; Maringá x Athletico, em Maringá. O argumento que o TJD acatou para alterar a punição foi o fato de que o tumulto na área de separação das torcidas não foram causadas nem por mulheres, nem por crianças.